Jornal da Ordem
Rádio OABRS
Twitter
Facebook
Instagram
Flickr
YouTube
spotfy
RSS
NOTÍCIAS

10.07.12  |  02h23   

Lamachia reúne-se com juízes de Soledade para tratar de honorários e dificuldades do Judiciário

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Lamachia reúne-se com magistrados de Soledade para tratar de honorários e dificuldades do Judiciário

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Lamachia reúne-se com magistrados de Soledade para tratar de honorários e dificuldades do Judiciário

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Lamachia reúne-se com magistrados de Soledade para tratar de honorários e dificuldades do Judiciário

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Lamachia reúne-se com magistrados de Soledade para tratar de honorários e dificuldades do Judiciário

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Lamachia reúne-se com magistrados de Soledade para tratar de honorários e dificuldades do Judiciário

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Gralha (E) e Lamachia reuniram-se com o diretor da UPF Soledade, Idioney Vieira (D)

"A Ordem vem fazendo um trabalho de conscientização junto à magistratura contra o aviltamento de honorários, que possuem natureza alimentar para os advogados, assim como o subsídio para juízes e desembargadores", afirmou o presidente da OAB/RS.

Após o lançamento da Pedra Fundamental da futura sede da OAB Soledade nesta segunda-feira (09), o presidente da Ordem gaúcha, Claudio Lamachia, juntamente com o presidente e a vice-presidente da subseção, Eduardo Gralha e Claridê Chitollina Tafarel, reuniu-se com os juízes da Comarca, José Pedro Guimarães (diretor do Foro), Maíra Grinblat e Karen Vilanova.

Na ocasião, Lamachia manifestou a preocupação da advocacia com as dificuldades enfrentadas pelo Judiciário, que está próximo do colapso. "Faltam juízes e servidores, além de a estrutura física e tecnológica estar deficiente. Nem mesmo a eficiência consegue resolver o quadro caótico da prestação jurisdicional. E, em breve, o quadro deficitário deverá agravar-se com a determinação do CNJ de estatizar cartórios em todo o Estado sem a contratação imediata de servidores. Por isso, estamos buscando uma prorrogação para contratação de servidores", destacou.

Os magistrados corroboraram com a avaliação, ressaltando que a judicialização da saúde, assim como as demandas do Estado, sobrecarregam o sistema. "As partes, invariavelmente, acabam por culpar o advogado, que é seu representante postulatório, assim como magistrados e servidores. É preciso rever as limitações da Lei de Responsabilidade Fiscal no âmbito do Judiciário, que restringem os gastos com contratação de pessoal", ressaltou o presidente da OAB/RS.

Outro ponto discutido por Lamachia e Gralha foi a defesa da fixação de honorários dignos aos advogados. "A Ordem vem fazendo um trabalho de conscientização junto à magistratura contra o aviltamento de honorários, que possuem natureza alimentar para os advogados, assim como o subsídio para juízes e desembargadores. É uma iniciativa de valorização do trabalho da advocacia e de defesa das prerrogativas", afirmou.

Visita à UPF

Após, os presidentes da Ordem gaúcha e local reuniram-se com o diretor da UPF Soledade, Idioney Vieira. Na ocasião, eles trataram sobre a importância do Exame de Ordem para a sociedade.

REDES SOCIAIS E FEED
RSS
spotfy
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RECEBA INFORMAÇÕES
e-mail
Whatsapp
JORNAL DA ORDEM
Jornal da Ordem
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Rua Washington Luiz, 1110 - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS
© Copyright 2019 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize