Jornal da Ordem
Rádio OABRS
Twitter
Facebook
Instagram
Flickr
YouTube
spotfy
RSS
NOTÍCIAS

24.09.18  |  14h29   

Pesquise e não deixe para a última hora para saber quem são e as propostas dos candidatos às Eleições de 2018

Teste

Em pouco menos de 15 dias para as eleições, a população brasileira terá que eleger seis nomes para representar os seus interesses: um para presidente da República, um para deputado federal, um para deputados estadual ou distrital, dois senadores por estado e um governador. Pensando nisso, você já pesquisou, escolheu e sabe quais são as propostas de quem irá representar você na administração pública, na elaboração de leis e na aplicação do dinheiro público para a melhoria do país, dos estados e dos municípios?

Então, agilize a sua pesquisa, não deixe para decidir, no dia da votação, quem irá lhe representar, pois o primeiro turno está marcado para 7 de outubro. O seu futuro e o de milhares de brasileiros está em suas mãos. Na sua consciência. No seu voto consciente.

Desde o dia 16 de agosto, a propaganda eleitoral está permitida em todo o país, mas somente no dia 31 de agosto é que o horário eleitoral, no rádio e na televisão, foi permitido. Um tempo bastante curto, pois a propaganda vai até 4 de outubro. Os candidatos estão se engajando mais na divulgação, eles têm um pouco mais de uma semana para mostrar para a população as suas propostas.

Para o desembargador do Tribunal Regional Eleitoral do RS (TRE-RS) e membro da Comissão de Direito da Tecnologia da Informação da OAB/RS, Miguel Ramos, os cidadãos precisam saber as propostas de cada candidato e se elas se adéquam as suas ideologias, ideias para um futuro melhor. “Nessa eleição, diferente da outra que tivemos, a propaganda eleitoral está muito voltada para a internet e para as redes sociais”. Segundo ele, as pessoas que não têm acesso à internet precisam ir em busca de outras fontes, como por exemplo jornais impressos, rádio ou televisão.

“As notícias do rádio, da televisão e dos jornais impressos são também meios de comunicação que podem auxiliar o eleitor que não tem acesso à internet e às redes sociais, por exemplo, em saber o que cada candidato está fazendo”, alertou.

Mas para quem tem acesso à internet, Ramos sugere que o eleitor fiscalize não só as redes sociais, mas também os portais como o do TSE: “O eleitor tem a possibilidade de fiscalizar as arrecadações e os gastos dos candidatos, dos partidos políticos e das coligações. Ele pode fazer isso acessando o Sistema de Divulgação de Candidaturas e de Prestações de Contas Eleitorais (DivulgaCandContas), a página é http://divulgacandcontas.tse.jus.br. Esse é mais um canal para fiscalizar os políticos. Além de ir em busca no site dos próprios candidatos e ler as suas propostas”, ressaltou.

Caso você esteja se abstendo de votar e pensa na questão de votar em branco ou nulo, Ramos faz um alerta: “Se a pessoa não quer escolher um candidato, ou se ela não quer pesquisar ou saber quais são as suas propostas, está no direito de liberdade dela, porém, ao mesmo tempo em que não escolher, ela será responsável pela situação do país. Ela está se omitindo de participar de uma mudança, seja boa ou não. Se algo não está bem, temos que forçar uma mudança de alguma maneira, seja votando em pessoas diferentes, seja votando nas mesmas pessoas, contudo exigindo que elas façam diferente e cumpram com as suas obrigações”, ressaltou.

Veja aqui alguns sites e aplicativos que podem lhe auxiliar na escolha do seu/sua candidato (a).

Calculadora de afinidade Eleitoral 2018

https://oiceberg.com.br/calculadora/

Tem Meu Voto – Com qual candidato tu mais se identifica no RS?

https://temmeuvoto.com/match/RS

Vigie aqui

Destaca e dedura os políticos com pendências judiciais que ocupam ou ocuparam cargos eletivos e ministros.

Site http://www.vigieaqui.com.br/

Aplicativo

https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.detectordecorrupcao&hl=pt_BR

 

Vanessa Schneider
Jornalista MTE 17.654

REDES SOCIAIS E FEED
RSS
spotfy
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RECEBA INFORMAÇÕES
e-mail
Whatsapp
JORNAL DA ORDEM
Jornal da Ordem
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Rua Washington Luiz, 1110 - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS
© Copyright 2018 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize