CEI

COMISSÃO ESPECIAL DOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA

NOTÍCIAS

01.11.19   

CEI realiza evento debatendo desafios e tendências em moradia para idosos

Foto: Niége Moreira - OAB/RS

Foto: Niége Moreira - OAB/RS

Foto: Niége Moreira - OAB/RS

Foto: Niége Moreira - OAB/RS

Foto: Niége Moreira - OAB/RS

Foto: Niége Moreira - OAB/RS

A Comissão Especial dos Direitos da Pessoa Idosa da OAB/RS (CEDPI), em parceria com Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (Sindihospa), promoveu, na tarde da segunda-feira (28), o evento “ILPIs – Desafios e tendências em moradia para idosos”.

No encontro, foi ressaltada a necessidade da criação de políticas públicas voltadas à população idosa, bem como a fiscalização de clinicas geriátricas.

A diretora de atividades culturais da ESA/RS, na ocasião também representando a OAB/RS, Cristiane da Costa Nery, afirmou que a criação de políticas públicas para a fiscalização do cuidado correto com a pessoa idosa é de extrema importância: “Esse é um papel importante que a OAB/RS e a sua CEDPI vem desenvolvendo, mostrando a preocupação com uma questão tão importante que é o com o cuidado com a pessoa idosa, nesta situação preocupante em que se encontra o Estado, com a falta de fiscalização diante das estatísticas”.

O presidente da CEDPI, Cristiano Lisboa Martins, destacou a preocupação da Comissão com as clínicas e geriatrias irregulares que estão funcionando por todo o Estado: “Esse funcionamento irregular decorre fundamentalmente em virtude da falta de políticas públicas de acolhimento da pessoa idosa e vulnerável, desfavorecida economicamente”, afirmou.

A promotora de justiça de Caxias do Sul, Maristela Schneider, falou a respeito do Projeto Cuidar do Ministério Público, que é um Projeto que visa a trazer um olhar apurado no cuidado com o idoso e com a pessoa com deficiência: “A preocupação é principalmente com essa população, que está institucionalizada diante da legislação do estatuto do idoso e da pessoa com deficiência. O cuidado com essas pessoas é preferencialmente feito pela família e pela comunidade. A institucionalização que vem ocorrendo em massa nos preocupa, pois muitas vezes acaba violando os direitos humanos dessa população, trata-se de lugares que não estão adequados ou estão em situação de abandono familiar”, ressalta.

 

Fotos e texto: Niége Moreira
Assessoria de Comunicação da OAB/RS
(51) 3287-1821 / 1867 / 1831

REDES SOCIAIS E FEED
RSS
YouTube
Flickr
Istagram
Facebook
Twitter
RECEBA INFORMAÇÕES
e-mail
Whatsapp
JORNAL DA ORDEM
Jornal da Ordem
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Rio Grande do Sul - CEI
Rua Washington Luiz, 1110 - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS
© Copyright 2019 OAB/RS - CEI    |    Desenvolvido por Desize