OAB/RS requer suspensão dos prazos processuais em razão da greve dos rodoviários da Capital


29.01.14

Em razão da confirmação de greve geral dos rodoviários de Porto Alegre, a OAB/RS enviou ofício, na manhã desta quarta-feira (29), ao TJRS, TRT4 e TRF4, requerendo a suspensão dos prazos processuais desde 27 de janeiro, quando iniciou a paralisação, até o seu término.

O documento foi assinado pelo presidente da Ordem gaúcha, Marcelo Bertoluci, e pelo presidente da Comissão de Defesa, Assistência e das Prerrogativas, Eduardo Zaffari.

Segundo a entidade, o movimento grevista deflagrado pelos rodoviários teve ampla adesão com acentuados reflexos que dificultam significativamente o deslocamento na Capital.

“É fundamental que os tribunais determinem a medida para evitar sérios danos à advocacia e, especialmente, às partes interessadas dos processos, em casos de preparo de recursos e pagamentos de custas processuais, além de audiências já designadas”, afirmou Bertoluci.