Caravana das Prerrogativas chega às subseções de Júlio de Castilhos, Tupanciretã, Salto do Jacuí e Sobradinho


07.02.14

A Caravana das Prerrogativas, seguindo seu roteiro de viagens, que visitará as 106 subseções, chegou nesta quinta (06) e sexta-feira (07), nas subseções de Júlio de Castilhos, Tupanciretã, Salto do Jacuí e Sobradinho.

Na última semana, foram visitadas as subseções de Casca, Marau e Tapejara. No dia 27 de fevereiro, a CDAP estará em Torres, Bom Jesus e Vacaria. Em 2013, a Caravana visitou Viamão, Não-Me-Toque, São Sebastião do Caí, Montenegro, Estrela, Lajeado, Venâncio Aires, Cachoeira do Sul, Encantado e Guaporé.

O presidente da CDAP, Eduardo Kucker Zaffari destacou que “a aproximação com as subseções é muito importante não só para conhecer o que está ocorrendo em cada local, mas para prevenirmos e em muitos casos sanarmos as violações as prerrogativas profissionais”.

Confira o que ocorreu em cada subseção:

Júlio de Castilhos

A Caravana das Prerrogativas chegou na manhã da quinta-feira (06), em Júlio de Castilhos e foi recebida pela CDAP local.

Na ocasião, houve uma troca de experiências e Zaffari passou mais informações sobre procedimentos da Comissão.

Os advogados informaram que na subseção há problemas com relação a aviltamento de honorários e limitação de horário para o juiz atender os advogados.

Tupanciretã

O presidente da subseção de Tupanciretã, Mario Cesar Portinho Vianna, recebeu a Caravana.

No encontro, os advogados também falaram que na Comarca estão ocorrendo problemas com aviltamento de honorários. Além disso, o Ministério Público está se manifestando sobre o procedimento processual dos advogados.

Salto do Jacuí

Em Salto do Jacuí, a Caravana foi recebida pelo presidente local, Alfonso Felício Fagundes.

Novamente, o tema do aviltamento de honorários foi levantado. A falta de urbanidade, por parte de alguns servidores, e a não nomeação de advogados em audiências no Jecrim também foram algumas temáticas.

Sobradinho

No final da tarde desta sexta-feira (07), a Caravana visitou a subseção de Sobradinho, onde foi recepcionada pelo presidente local, Vilson Roberto Pohlmann.

A falta de isonomia no tratamento por parte do registro de imóveis em Arroio do Tigre foi debatida na reunião.

Juliana Jeziorny
Jornalista – MTB 15.416