Teve início a V Conferência Estadual da Mulher Advogada, debatendo a representação das mulheres na política e nas instituições


05.08.20

Na tarde de ontem (04), começou a V Conferência Estadual da Mulher Advogada, evento online que acontece ainda hoje (05) e amanhã (06), das 14h às 17h, e que conta com convidados de renome nacional.  A conferência é uma iniciativa da Comissão da Mulher Advogada da seccional gaúcha (CMA) e faz parte da programação do Mês da Advocacia. 

O presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, realizou a abertura oficial do evento, parabenizando a presidente da CMA, Claudia Sobreiro, e todas as integrantes da comissão por todo o trabalho desenvolvido, levantando toda a temática que envolve, desde a advocacia da mulher, as dificuldades das mulheres, ainda hoje, no campo de trabalho e, acima de tudo, até a representatividade feminina da Ordem Gaúcha, que se faz, mais do que nunca necessária, principalmente para a defesa dos direitos e das prerrogativas das mulheres advogadas. 

Breier ressaltou os problemas enfrentados pelas mulheres: “Ainda vivemos em um país de preconceitos que não reconhece  a plenitude desse trabalho da mulher advogada; recebemos diversas denúncias de mulheres que não são respeitadas no exercício da sua profissão, sofrem abusos, agressões físicas e/ou psicológicas. As mulheres ainda são discriminadas em pleno século XXI, e o acolhimento realizado pela CMA, sem dúvida nenhuma, é motivo de muito orgulho para todas da seccional, pelo trabalho desenvolvido pela comissão”.

Participou também da abertura o presidente da Comissão Nacional de Relações Internacionais e membro honorário vitalício do CFOAB , Claudio Lamachia, que destacou, em especial, a Conselheira Federal, Cléa Carpi, que foi, até hoje, a única mulher a presidir a OAB do Rio Grande do Sul, em uma época em que ainda não existia essa visão de inserção e de necessidade das mulheres na OAB e na vida dos brasileiros, sendo um exemplo para todos e todas.

A presidente da CMA da seccional gaúcha, Claudia Sobreiro, enfatizou os desafios enfrentados pelas mulheres e o trabalho desenvolvido pela comissão: “Hoje chegou o momento de levantar alguns temas, porque nós alcançamos a paridade de gênero dentro da nossa instituição, e hoje esse projeto de paridade, que será abordado na conferência, traz uma coerência muito grande para toda a nossa OAB, precisamos dar o exemplo por meio da nossa atuação”, afirmou.   

Elas na Política Institucional

A Conselheira Federal da OAB/RS e Medalha Rui Barbosa, Cléa Carpi, abriu o primeiro painel da conferência e falou sobre a participação das advogadas na política institucional no sistema da OAB/RS. Cléa frisou a presença de mais de 200 participantes e questionou todos os ouvintes: “As advogadas estão inseridas nas estâncias de decisão da instituição? A questão da paridade emerge nesses quase 90 anos de OAB, nós nos questionamos, hoje somos metade do universo da advocacia brasileira e precisamos levar as nossas posições, visões e angústias do exercício da nossa profissão”.

A Conselheira Federal e presidente da Comissão Nacional da Mulher Advogada, Daniela Lima de Andrade Borges (OAB/BA),  falou sobre Equidade e como hoje as mulheres operam muito mais como grupo de pressão, mas que, quando vão para os órgãos de decisão, eles são formados predominantemente por homens: “Precisamos ter mulheres nos grupos de tomadas de decisões, sabemos que não é a mesma coisa conhecer a realidade e viver essa realidade, e que é simplesmente estar sensível, por isso dependemos de políticas que busquem efetividade, construir a realidade, não apenas do ponto de vista da perspectiva valorativa, mas também da perspectiva real dessa igualdade de oportunidades e condições”, evidenciou.

A criadora do “Projeto Valentina – Paridade Já”, Conselheira Federal, Valentina Jungmann (OAB/GO), reforçou que hoje não temos nenhuma mulher ocupando o cargo de presidência em nenhuma das seccionais da OAB, em vários órgãos do sistema OAB não temos a frente, na presidência ou na direção, uma mulher advogada. “Com o projeto, a OAB tem a oportunidade de avançar e de inclusive servir como um exemplo para várias outras instituições e entidades do nosso país”, acentuou.  

Palestrantes

Participaram  representando a OAB/RS: o presidente da Comissão Especial da Verdade sobre a Escravidão Negra (CVEN), Jorge Terra, falou sobre “A diversidade interna conduz ao avanço institucional”; o presidente da Comissão Especial de Acompanhamento Legislativo, João Darzone de Melo Rodrigues Junior, que abriu o painel “Elas nas Eleições Municipais de 2020” e tratou sobre “A política partidária em tempos de Covid-19”; o presidente da Comissão da Sociedade de Advogados, Gerson Fischmann, que abordou “As políticas de inserção das mulheres nas eleições de 2020”; a secretária-geral adjunta e coordenadora-geral das comissões da OAB/RS, Fabiana da Cunha Barth, que falou sobre “Desinformação em tempos de pandemia e eleições”;  a advogada, fundadora e presidente do Observatório Nacional de Candidaturas Femininas, Valéria Landim, que tratou sobre o “Observatório de Candidaturas Femininas”; o professor universitário e Membro da Comissão de Direitos Humanos, Lúcio Antônio Machado Almeida, que debateu sobre “Desafios da representatividade feminina na política”; e, fechando o primeiro dia, o advogado, Miguel Antônio Silveira Ramos, que abordou o tema “O que fazer para dar efetividade às cotas de gênero”.

Assista aqui o primeiro dia da V Conferência Estadual da Mulher Advogada

 

Mês da Advocacia         

Capacitações, cursos, debates, eventos e palestras são algumas das diversas opções da programação do Mês do Advogado, que ocorre no mês de agosto de forma completamente virtual. O Mês do Advocacia é promovido pela Ordem gaúcha, em parceria com a Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/RS), a Escola Superior de Advocacia (ESA) e as diversas Comissões da OAB/RS.

Acesse aqui a página para saber quais eventos estão acontecendo nesta semana.

Acesse e se inscreva em nosso canal no YouTube para acompanhar todos os eventos ao vivo!

Redes Sociais

Acompanhe a cobertura da programação do Mês da Advocacia também pelas nossas redes sociais.

Participe, tire suas fotos e compartilhe no InstagramTwitter e Facebook com a hashtag #MesDaAdvocaciaOnline