Página inicial
CAA/RS | ESA | OAB Prev
20.04.21  |  16h45

Diretoria da OAB/RS se reúne com a advocacia da subseção de Frederico Westphalen


Compartilhar

O presidente da OAB/RS, Ricardo Breier; o vice-presidente, Jorge Fara; e os conselheiros seccionais Leonardo Lamachia e Rogério dos Santos, realizaram, na segunda-feira (20), uma reunião virtual com membros da subseção de Frederico Westphalen. Na ocasião, foram debatidas algumas das demandas da advocacia da região.

No encontro, estiveram presentes: o presidente da subseção de Frederico Westphalen, Pablo Caovilla Kunhen; a vice-presidente, Patricia Luiza Stieven; e secretária-geral, Evanise Zanatta Menegat. Além deles, participaram conselheiros da subseção e colegas, que apresentaram dificuldades que advogados e advogadas encontram em Seberi, Iraí e Planalto.

Entre os itens da pauta, os advogados e as advogadas comentaram que, na região, há comarcas sem juiz, e o atendimento em alguns fóruns está prejudicado, gerando dificuldade para o acesso da advocacia ao sistema judiciário. Breier escutou de forma atenta a todas as demandas e indicou o que a Ordem pode fazer para solucioná-las: “Temos buscado ampliar as formas de atendimento online e estamos acompanhando a virtualização dos processos eletrônicos, algo que precisa evoluir sob pena de prejudicar o trabalho da advocacia. Também estamos atentos à compra de celulares, que será feita para que os fóruns do interior tenham atendimento pelo balcão virtual”, explicou. Salientou, ainda, a importância de haver encontros com a advocacia para entender a realidade de cada região e encaminhar o diálogo com o Judiciário: “Fazemos reuniões com a Corregedoria e sabemos da importância desses espaços de escuta para reunirmos o máximo de informações e termos nossos pleitos atendidos. A OAB/RS sempre estará ao lado da advocacia para encarar tais dificuldades”, afirmou.

O vice-presidente da Ordem gaúcha reforçou a necessidade do atendimento nos fóruns, pois é algo que beneficia a sociedade inteira: “O debate precisa envolver a comunidade, porque as demandas da advocacia são demandas da cidadania. É no fórum que a comunidade busca as orientações sobre seus direitos”, pontuou ele.

Lamachia concordou sobre o papel da Justiça no contexto em que vivemos: “O momento em que a advocacia vive no Rio Grande e no Brasil é um dos mais desafiadores de toda a história. O nosso papel junto ao Poder Judiciário é essencial e necessita de toda a atenção”, concluiu ele, ao lembrar que, em breve, a nomeação de advogados dativos será uma possibilidade muito importante para colegas do interior.

Por fim, ficou acordado que a diretoria da subseção de Frederico Westphalen reunirá, em um ofício, que será encaminhado ao presidente Breier, todas as demandas debatidas para que se possa encaminhar à Corregedoria-Geral da Justiça as soluções necessárias.

 

 

JORNAL DA ORDEM
RSS Spotify YouTube Flickr Istagram Facebook Twitter
Versão Desktop