Página inicial
CAA/RS | ESA | OAB Prev
14.05.21  |  11h38

Em terceiro encontro da série, webinar ‘CES Conexões’ debate sobre saúde mental e qualidade de vida


Compartilhar

A Comissão Especial da Saúde (CES) da OAB/RS promoveu, na noite de terça-feira (11), a terceira edição da série ‘CES Conexões’, evento de caráter informativo e que promove o debate de pautas relevantes para o Direito Médico e o da Saúde. Em formato de webinar, o encontro, que contou com a participação de especialistas das áreas para dialogar acerca dos assuntos, teve como temas abordados a saúde mental e a qualidade de vida. O evento foi transmitido pelo canal oficial da Ordem gaúcha no Youtube.

O presidente da OAB/RS, Ricardo Breier, participou da abertura do evento. Ele saudou todos os convidados pela presença e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela CES, principalmente devido ao cenário enfrentado em razão da Covid-19. “Estarmos aqui, hoje, sem dúvida nenhuma, é mais uma possibilidade de debatermos com pessoas que possuem conhecimentos específicos, que irão nos ajudar a entender um pouco sobre esse mecanismo mental que se faz muito necessário, para que se possa superar as grandes dificuldades que nós estamos vivenciando nestes dias difíceis de pandemia”, destacou.

A presidente da CES, Mariana Diefenthäler, introduziu o assunto e a necessidade de sua abordagem, bem como enfatizou a relevância da realização do evento: “Estamos todos impactados ainda neste segundo ano de pandemia. Mas não menos atentos ou estudiosos dos assuntos que integram esse tema tão desafiador que é o da saúde. E a ideia para o CES Conexões é, justamente, trazer pontos e contrapontos para experimentar, vivenciar e sair da nossa disciplina para podermos trocar (conhecimentos)”, disse. 

O presidente da Caixa de Assistência dos Advogados do Rio Grande do Sul, Pedro Alfonsin, que também acompanhou a ocasião, aproveitou o espaço para reforçar a importância do encontro, destacando a necessidade de haver uma boa prestação de serviço que vise ao bem-estar dos profissionais de Direito. “A saúde mental do cidadão, do advogado, é tão importante, ou mais, que a saúde física. Se nós não cuidarmos da nossa saúde mental, certamente, o abalo será tão grande ou enorme quanto uma dor física”, salientou.

A abertura do webinar contou também com a participação do vice-presidente da CES, Cassio Martinez; da membro da CES, Andréa André; e da vice-presidente da Comissão da Saúde da Subseção de Canoas, Vanessa Rodrigues, que, em suas falas, corroboraram com o que foi citado anteriormente em relação à execução do evento e das temáticas escolhidas.

CES Conexões: Saúde mental e Qualidade de vida

O primeiro palestrante da noite foi o coordenador de Saúde Mental da Secretaria da Saúde de Porto Alegre, Alceu Gomes. O médico psiquiatra, em seu painel, contextualizou a caminhada histórica da psiquiatria ao trazer pontos relevantes, abordando a necessidade de se ter uma maior atenção para a área, bem como trouxe os impactos positivos que a adoção de cuidados conscientes, ocasionam na vida das pessoas: “Nós vivemos tempos em que precisamos estar constantemente atentos para o que está acontecendo ao nosso redor e procurar, cada vez mais, criar mais pontos de conexões para que a gente possa evoluir ainda mais como sociedade”, pontuou.

Na sequência à apresentação de Alceu, quem deu prosseguimento ao encontro foi a psicóloga clínica Melissa Couto. Especialista em psicologia das emergências e desastres, com atuações em casos marcantes, ela falou sobre o momento delicado causado pela Covid-19 e os efeitos motivados pela doença na vida das pessoas: “Entendemos que estamos em um momento de fortalecer o que é importante. Olhar para dentro de si, ser mais generoso, bondoso e entender, de fato, quais são os valores corretos. Os valores de ser humano, de família, de vínculos. Porque são esses que estão nos sustentando”, frisou.

A terceira palestra ficou a cargo da especialista em Saúde Pública Liliane Dreyer. A promotora de justiça discursou sobre o trabalho da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos de Porto Alegre, que é voltado para a saúde mental, bem como expôs seus desafios e benefícios: “Nosso propósito é o de trabalhar de modo intersetorial e interdisciplinar com as instituições que atuam na área, pois reconhecemos que esse é o melhor caminho, e não a judicialização. E quando a gente consegue trabalhar e construir os efeitos extrajudicialmente, tenho certeza de que eles são sempre mais profícuos e resolutivos”, enfatizou.

Encerrando as apresentações da noite, a psicóloga, especialista em psicologia forense, Elise Trindade, abordando as psicopatologias associadas a um contexto laboral, refletiu sobre as consequências trazidas pela pandemia: “Hoje, se fala muito pouco das questões relacionadas aos sintomas psicológicos. E esses sintomas, que muitas vezes não são objetivos, e, portanto, são muito mais difíceis de serem mensurados, acabam passando despercebidos. Inclusive, nós, muitas vezes, temos esses sintomas e não percebemos. Então, é preciso pensar no sintoma como ele representa e, a partir disso, entender as suas repercussões”, evidenciou.

Para acompanhar na íntegra dessa ou das edições anteriores do webinar ‘CES Conexões’, clique nos links disponíveis abaixo:

Evento ‘CES Conexões’ - maio.

Evento ‘CES Conexões’ - abril.

Evento ‘CES Conexões’ - março.

 

 

JORNAL DA ORDEM
RSS Spotify YouTube Flickr Istagram Facebook Twitter
Versão Desktop