Jornal da Ordem
Rádio OABRS
Twitter
Facebook
Instagram
Flickr
YouTube
spotfy
RSS
NOTÍCIAS

27.08.11  |  04h51   

Ministra Ellen Gracie encerra Congresso Sul Brasileiro sobre Processo Eletrônico

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Cássio Garcia - Divulgação

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Pres. TRF4, Marga Tessler; cons. fed. Cléa Carpi; Claudio Lamachia; pres. Iargs, Alice Grecchi; pres. TCE, Cezar Miola; e des. TJRS Altair Lemos.

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Foto: Rodney Silva - OAB/RS

Na Conferência Magna de encerramento do evento, na noite desta sexta-feira (26), que contou com a presença do presidente da OAB/RS, a magistrada abordou a Repercussão Geral no âmbito do STF.

Após as palestras do Congresso Sul Brasileiro sobre Processo Eletrônico – O Futuro está Presente – promovido pela OAB/RS, em parceria com TJRS, TRT4 e TRF4, foi realizada, na noite desta sexta-feira (26), a conferência magna de encerramento do evento, com a exposição da ministra do STF, Ellen Gracie.

Compuseram a mesa, além da magistrada, o presidente da OAB/RS, Claudio Lamachia; o presidente do TCE, conselheiro Cezar Miola; a presidente do TRF4, desembargadora Marga Tessler; representando o TRT4, desembargador Cláudio Antônio Cassou Barbosa; representando o TJRS, desembargador Altair Lemos; a presidente do Iargs, Alice Grecchi; o ex-presidente do TRF4, desembargador Vilson Darós; o diretor da Escola Superior de Gestão e Controle do TCE, Sandro Trescastro Bergue; o vice-presidente da OAB/RS, Jorge Maciel; o tesoureiro, Luiz Henrique Cabanellos Schuh; a conselheira federal, Cléa Carpi da Rocha; a diretora de Comunicação e Informática da ESA, conselheira seccional Rosângela Herzer dos Santos; o presidente da Comissão de Processo Virtual da OAB/RS, conselheiro seccional Carlos Albornoz; e o presidente da CAA/RS, Arnaldo de Araújo Guimarães.

No painel ministrado por Ellen Gracie, foi abordado a Repercussão Geral no âmbito do STF. Segundo ela, o instrumento processual inserido na Constituição Federal de 1988, por meio da Emenda Constitucional 45. "O objetivo desta ferramenta foi de possibilitar que o Supremo Tribunal Federal selecione os Recursos Extraordinários que irá analisar, de acordo com critérios de relevância jurídica, política, social ou econômica. O uso desse filtro recursal resulta numa diminuição do número de processos encaminhados à Suprema Corte. Uma vez constatada a existência de repercussão geral, o STF analisa o mérito da questão e a decisão proveniente dessa análise será aplicada posteriormente pelas instâncias inferiores, em casos idênticos", afirmou.

Em sua fala, a ministra destacou que a preliminar de repercussão geral é analisada pelo Plenário do STF, através de um sistema informatizado, com votação eletrônica, ou seja, sem necessidade de reunião física dos membros do Tribunal. "Os parâmetros para esse filtro, no entanto, não estão totalmente definidos. É importante buscar formas de difundir o mecanismo processual junto à advocacia. Esse diálogo é fundamental para evitar que o Supremo continue recebendo essa enxurrada de processos e, ao mesmo tempo, que se cerceie o direito de recurso das partes, impedindo o debate de matérias constitucionais", declarou Ellen Gracie.

A ministra do STF, que já foi diretora-geral da Escola Superior de Advocacia da OAB/RS na gestão de Cléa Carpi na presidência da seccional, ressaltou que realizou, à época, o primeiro curso de informática para advogados no Rio Grande do Sul. "Os recursos da tecnologia servem para fazer uso da Justiça de forma mais ágil", concluiu.
REDES SOCIAIS E FEED
RSS
spotfy
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RECEBA INFORMAÇÕES
e-mail
Whatsapp
JORNAL DA ORDEM
Jornal da Ordem
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Rua Washington Luiz, 1110 - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS
© Copyright 2021 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize