Jornal da Ordem
Rádio OABRS
Twitter
Facebook
Instagram
Flickr
YouTube
spotfy
RSS
NOTÍCIAS

28.01.14  |  22h58   

Caravana das Prerrogativas retoma trabalhos em 2014 com reuniões em Casca, Marau e Tapejara

Publicado por subseção Marau

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

Foto: Juliana Jeziorny - OAB/RS

Caravana das Prerrogativas

A Caravana das Prerrogativas reiniciou os trabalhos em 2014, visitando as subseções de Casca, Marau e Tapejara, nesta terça-feira (28). O projeto tem por finalidade, recolher informações sobre eventuais dificuldades que os advogados estejam enfrentando no exercício da profissão no que diz respeito à violação de prerrogativas.

A segunda edição da Caravana das Prerrogativas já esteve em Viamão, Não-Me-Toque, São Sebastião do Caí, Montenegro, Estrela, Lajeado, Venâncio Aires, Cachoeira do Sul, Encantado e Guaporé.

O presidente da Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativas da OAB/RS, Eduardo Kucker Zaffari, afirmou que: “estamos realizando a segunda edição das Caravanas, percorrendo as 106 subseções para demonstrar que tratamos das prerrogativas de forma profissional”.

“As subseções visitadas são usualmente tranquilas, mas é de extrema importância o constante monitoramento para que não haja sequer ameaça de violação a prerrogativa”, destacou o presidente da CDAP, Eduardo Zaffari.

Confira o que ocorreu em cada subseção:

Casca

Na manhã desta terça-feira, a Caravana chegou à subseção de Casca. O ex-presidente, Adair Baccin, juntamente com a diretoria da OAB local recebeu Zaffari.

Um dos temas tratados foi a necessidade de preenchimento de um requerimento para que os advogados tenham acesso aos inquéritos na delegacia local.

Na ocasião, Zaffari também reuniu-se com a magistrada da Comarca, Simone Ribeiro Chalela. O presidente da CDAP destacou à juíza sobre a Campanha Nacional pela Dignidade dos Honorários e a importância da fixação de honorários justos.

Marau

No início da tarde, a vice-presidente da subseção de Marau, Vanilde Maria Tibolla Nadin recepcionou a Caravana.

No encontro, Zaffari destacou sobre o trabalho do plantão da CDAP e da Procuradoria de Prerrogativas. “Pelo telefone, qualquer advogado que tiver suas prerrogativas violadas, poderá solicitar auxílio, pois agimos de forma rápida em prol dos profissionais”, reforçou.

Tapejara

A Caravana ainda visitou a subseção de Tapejara e foi recebida pelo presidente local, Cláudio Antonio Biasi.

Uma das preocupações dos advogados da região é a morosidade do Judiciário. Zaffari destacou que a OAB/RS vem enfrentando e denunciando o Colapso do Judiciário há muito tempo. “Desde 2007, ainda na gestão Claudio Lamachia, a Ordem gaúcha alerta para a necessidade de revisão da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) no âmbito do Judiciário, que é exclusivamente prestador de serviços. Mesmo que o Conselho Nacional de Justiça tenha apontado a qualidade do TJRS, os números demonstram 1600 cargos vagos no Estado e um crescimento processual impressionante: quase 100% no 1º Grau e mais de 100% no 2º Grau nos últimos 10 anos”, ressaltou. Hoje, a Justiça gaúcha tem 4,2 milhões de processos”.

Juliana Jeziorny
Jornalista – MTB 15.416

REDES SOCIAIS E FEED
RSS
spotfy
YouTube
Flickr
Instagram
Facebook
Twitter
RECEBA INFORMAÇÕES
e-mail
Whatsapp
JORNAL DA ORDEM
Jornal da Ordem
RÁDIO OAB/RS
Rádio OABRS
MAPA DO SITE
Abrir
(51) 3287.1800
Rua Washington Luiz, 1110 - Centro - CEP 90010-460 - Porto Alegre - RS
© Copyright 2020 Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RS    |    Desenvolvido por Desize